Ácido Hipúrico, dosagem, urina

Outros nomes:

Ácido Hipúrico, pesquisa e dosagem na urina

Orientações necessárias

- Este exame é realizado em amostra isolada de urina, colhida em frasco sem conservador. - Recomenda-se a coleta de duas amostras de urina, uma no início e outra no fim da jornada de trabalho, após, no mínimo, dois dias seguidos de exposição. No caso de a opção recair sobre uma única amostra, a coleta deve ser realizada no fim do turno. - Para mulheres, o ideal é não fazer o exame durante a menstruação. - É necessário que o cliente fique duas horas sem urinar antes da coleta. - O cliente não deve ingerir bebida alcoólica nas 48 horas anteriores ao exame.

Processamento e adequação da amostra

- Aliquotar 8 mL de urina em 2 tubos plásticos estéreis com capacidade para 4 mL; - Enviar à seção, refrigerado. - Volume mínimo: 8 mL. Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: não aceitável Refrigerada (2-8 ºC): 5 dias Congelada (-20 ºC): 1 meses

Método

- Cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC)

Valor de referência

- Até 1,5 g/g creatinina - Índice Biológico Máximo Permitido (IBMP): 2,5 g/g de creatinina.

Interpretação e comentários

- O teste é útil no acompanhamento de indivíduos profissionalmente expostos ao tolueno (toluol). Dietas ricas em alimentos que contêm o ácido benzóico ou precursores dessa substância, como o ácido quínico, podem elevar os valores do ácido hipúrico urinário.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989