Cryptococcus neoformans, Antígeno, soro

Outros nomes:

Cryptococcus neoformans, pesquisa do antígeno

Cryptococcus neoformans, pesquisa do antígeno no soro

Criptococo no soro, por aglutinação em látex

Processamento e adequação da amostra

- Receber a amostra em embalagem REF e mantê-la nesta condição até a manipulação. - Aguardar 30 minutos; - Centrifugar a 2739 g por 10 minutos a 18 ºC; - Não aliquotar; - Volume ideal 1 mL; - Ao chegar à seção deve ser colocado imediatamente na geladeira. Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: 8 horas; Refrigerada (2-8 ºC): 3 dias; Congelada (-20 ºC): 6 meses.

Método

- Pesquisa de antígeno criptococócico por imunocromatografia.

Valor de referência

- Não reagente

Interpretação e comentários

- A presença do antígeno criptocócico no soro é sinal de infecção presente. A determinação dos títulos de antígeno permite o seguimento da doença e a avaliação da resposta terapêutica. O tratamento eficaz acarreta em uma diminuição dos títulos de antígenos. Um resultado negativo, contudo, não indica ausência de infecção.

Orientações necessárias

- Este exame não necessita de preparo.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989