Glicose, pós prandial, plasma (fluoreto)

Outros nomes:

Glicose, pós prandial no plasma

GLICEMIA, POS PRANDIAL NO PLASMA

Orientações necessárias

- A amostra precisa ser colhida duas horas após o início da refeição (almoço) ou conforme solicitação médica. No primeiro caso, o tempo deve ser cronometrado a partir do começo da refeição. - Por razões eminentemente técnicas, é importante que o horário de coleta seja respeitado. A tolerância de atraso será de, no máximo, 15 minutos, depois dos quais não há mais possibilidade de realizar o exame. - O uso de medicamentos para diabetes não deve ser suspenso, a não ser que exista informação contrária do médico assistente. - Se a glicemia de jejum também tiver sido solicitada e a coleta da glicemia pós-prandial não for possível no mesmo dia, colher glicemia pós-prandial preferencialmente até três dias após a glicemia de jejum

Processamento e adequação da amostra

- Centrifugar a 2200 g por 10 minutos a 18 ºC; - Não aliquotar; - Enviar à seção, em temperatura ambiente. UNIDADE BRASÍLIA: - Aliquotar 1 mL de plasma e enviar refrigerado.

Método

- Enzimático.

Valor de referência

Vide interpretação e comentários.

Interpretação e comentários

- Em geral, duas horas após uma sobrecarga oral de glicose, a glicemia deve estar próxima aos valores de jejum (menor que 140 mg/dL). Com a progressão do diabetes mellitus tipo 2, invariavelmente ocorre uma atenuação e atraso da primeira resposta de secreção de insulina estimulada pelas refeições, com conseqüentes glicemias pós-prandiais elevadas. A hiperglicemia pós-prandial (HPP) é reconhecidamente um fator de risco para o desenvolvimento de complicações macrovasculares no diabetes mellitus do tipo 2. Além disso, a HPP contribui para o aumento da hemoglobina glicosilada, a qual está fortemente correlacionada coma incidência de micro e macroangiopatia no diabetes mellitus tipo 2. Alguns estudos sugerem ainda que a HPP, especialmente 2 horas após a ingestão de uma refeição, está associada com altos níveis de hemoglobina glicosilada em diabéticos do tipo 2 com glicemia de jejum normal ou levemente aumentada. Neste sentido, recomenda-se que a glicemia pós-prandial num indivíduo diabético não ultrapasse 180 mg/dL. A coleta de glicemia pós-prandial deve ser realizada 2 horas após início da refeição ou conforme solicitação médica.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989