Hemocultura, para Anaeróbios, Vários Materiais

Outros nomes:

Hemocultura, para Anaeróbios

Cultura de sangue, para Anaeróbios

Anaeróbio, Hemocultura para anaeróbios

Orientações necessárias

- Este exame é útil para detectar a presença de bactérias anaeróbias no sangue. - A amostra pode ser coletada independentemente de o cliente ter ou não febre.

Processamento e adequação da amostra

- Verificar se foi anotado qual é a amostra (1ª amostra, 2ª amostra, etc.) - Enviar os frascos em saco plástico para a Seção de Microbiologia em temperatura ambiente. Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: 24 horas.

Método

- Fluorimetria automatizada com meios contendo resinas quelantes de antimicrobianos (BACTEC 9240 ou FX)

Valor de referência

- Cultura negativa.

Interpretação e comentários

- O volume mínimo para diagnóstico de bacteremia em adultos é de 40 ml, devendo ser coletados 20 ml em cada punção em sítios distintos. - Recomenda-se que a cada punção com coleta de 20 ml, metade do volume (10 ml) seja acondicionado em frasco aeróbio e 10 ml sejam acondicionados em frasco anaeróbio. - Apesar de a incidência de bacteremia por anaeróbios ser baixa - cerca de 1% - a hemocultura para detecção desse grupo de microrganismos pode ser de grande auxílio quando há suspeita clínica. - Além da detecção de anaeróbios estritos, o frasco para anaeróbios permite o isolamento de facultativos, como Enterobacteriaceae (Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae, dentre outros), Staphylococcus, Streptococcus e Enterococcus; entretanto não permite detecção de Acinetobacter sp., Pseudomonas sp. e outros bacilos gram-negativos não fermentadores da glicose ou Candida sp. - É preferível coletar as hemoculturas antes do início da antibioticoterapia, porém o uso prévio de antimicrobianos não é fator impeditivo da realização do exame. - O intervalo entre as coletas de amostras é definido pela urgência no início da terapia antimicrobiana; portanto a segunda amostra pode ser coletada imediatamente após hemostasia adequada do primeiro sítio de punção. - Em nossa rotina, os frascos utilizados contém resinas que facilitam a detecção do patógeno mesmo na vigência de terapia antimicrobiana, em função de sua ação quelante desses compostos. Essas resinas (catiônicas e aniônicas) atuam ligando-se aos antimicrobianos em função de suas cargas elétricas.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989