Insulina, simplificada, soro

Outros nomes:

Insulina simplificada

Insulina basal, para regionais

INSULINEMIA, PARA REGIONAIS

INSULINA PLASMATICA

INSULINA BASAL SERICA

INSULINA BASAL SORO

INSULINA SIMPLIFICADA SERICA

INSULINA DE JEJUM

Orientações necessárias

- Para a coleta deste exame, recomendamos que o jejum não seja superior a 14 horas. - O cliente não deve fazer esforço físico antes da coleta. - No dia da realização do exame, o uso de medicações por via oral e/ou de insulina, para o tratamento do diabetes, deve seguir a orientação do médico assistente. Caso este não tenha feito nenhuma especificação, recomenda-se que tais medicamentos sejam administrados após a coleta. - O uso de biotina e suplementos alimentares que contenham biotina devem ser suspensos 3 dias antes da coleta.

Processamento e adequação da amostra

Receber a amostra em embalagem REF e mantê-la nesta condição até a manipulação. - Inserir, no sistema, o peso e a altura do cliente; - Aguardar 30 minutos; - Centrifugar a 2200 g por 10 minutos em temperatura ambiente; - Não aliquotar; - Enviar à seção, refrigerado; - A amostra pode ficar até 6 horas em temperatura ambiente sem risco para execução da dosagem de insulina; - Volume de soro: 1,0 mL. Não é recomendado o uso de centrífuga sem controle de temperatura. - Interferente: hemólise UNIDADES LEBLON E BRASÍLIA: - Aliquotar 1 mL de soro e enviar congelado. Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: não aceitável; Refrigerada (2-8 ºC): 5 dias; Congelada (-20 ºC): 6 meses.

Método

- Ensaio eletroquimioluminométrico.

Valor de referência

- Insulina (em jejum): 2 a 13 mU/L

Interpretação e comentários

- A insulina é um peptídeo sintetizado e secretado pelas células beta das ilhotas de Langerhans, do pâncreas. A secreção insulínica é controlada pelos níveis de glicemia e por estímulos nervosos e hormonais e, quando excessiva, resulta em hipoglicemia. Nos insulinomas, observam-se valores de insulina superiores a 10 microUI/mL na presença de hipoglicemia (glicemia inferior a 50 mg/dL) durante jejum prolongado, em geral com uma relação superior a 0,3. Outras condições podem causar hiperinsulinismo sem hipoglicemia, como a obesidade e síndromes de resistência à insulina. Em indivíduos normoglicêmicos sem diabetes mellitus, a dosagem basal desse hormônio apresenta alta correlação com os diferentes índices de resistência à insulina. - O cálculo do índice HOMA-IR é baseado em modelo matemático com emprego das dosagens de insulina e glicose de jejum. Trata-se de informação adicional para aferição de resistência à insulina. Não existem valores que definem normalidade. Valores acima de 2,71 foram relacionados com resistência à ação de insulina na população brasileira (Gelonezi B et al, Diabetes Res Clin Pract, 2006;72 (2):219-20). No entanto, para diagnóstico ou acompanhamento individual, sua utilização requer cautela e o resultado deve ser interpretado junto com outros parâmetros clínicos e laboratoriais, tais como peso, índice de massa corpórea (IMC), medida da circunferência da cintura, níveis glicêmicos e pressóricos.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989