Leptina, soro

Processamento e adequação da amostra

Receber a amostra em embalagem REF e mantê-la nesta condição até a manipulação. Informar, no sistema, o peso e altura do cliente Aguardar 30 minutos Centrifugar a 2739 g por 10 minutos a 18 ºC Aliquotar 1 mL de soro em 1 tubo de alíquota padrão. Enviar à seção, refrigerado. Volume mínimo: 0,5 mL Não serão aceitas as amostras hemolisadas ou lipemicas. Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: 8 horas Refrigerada (2-8 ºC): 14 dias Congelada (-20 ºC): 35 dias

Método

ELISA

Valor de referência

IMC menor que 25: Masculino: 0,3 a 13,4 ng/mL Feminino : 4,7 a 23,7 ng/mL IMC maior que 30: Masculino: 1,8 a 19,9 ng/mL Feminino : 8,0 a 38,9 ng/mL

Interpretação e comentários

A leptina é um hormônio produzido pelos adipócitos, essencial para a regulação do peso corporal. Sua produção está sob controle neuroendócrino, de tal maneira que seus níveis séricos variam diretamente conforme a quantidade de triglicérides estocada nos depósitos de tecido adiposo. A leptina age por meio de receptores específicos no hipotálamo, modulando o apetite e a termogênese. Mutações no gene da leptina costumam produzir deficiência desse hormônio, o que pode causar hipopituitarismo, incluindo carências de gonadotrofinas, de hormônio de crescimento e de hormônios da tiróide. Por sua vez, defeitos nos receptores da substância podem levar uma pessoa à obesidade mórbida. Vale lembrar também que os níveis de leptina se correlacionam negativamente com os valores de testosterona.

Orientações necessárias

- Não há necessidade de preparo para este exame.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989