M. tuberculosis e resistência à rifampicina, teste rápido, Vários Materiais

Outros nomes:

Mycobacterium tuberculosis, resistência a rifampicina, Vários Materiais

GeneXpert para tuberculose

Resistência à rifampicina

Tuberculose MDR

Tuberculose XDR

PCR p/ M. tuberculosis e resistência à Rifampicina

PCR p/ M. tuberculosis GeneXpert

Orientações necessárias

I - Exame - Este exame detecta a presença de Mycobacterium tuberculosis e simultaneamente avalia a resistência à rifampicina, principal medicamento utilizado no tratamento da tuberculose. - O exame é realizado em amostras de escarro, secreção traqueal, lavado brônquico ou lavado broncoalveolar. Outras amostras podem ser aceitas mediante contato prévio com a assessoria médica do exame. II - Coleta Escarro - Atualmente não há possibilidade de realizar a coleta deste exame nas unidades de atendimento do laboratório. - Necessário retirar o frasco estéril apropriado e as instruções de coleta em uma das unidades do Fleury, para que o cliente realize a coleta da amostra deste exame em casa. - A amostra deve ser entregue no Fleury em até uma hora após a coleta, caso, permaneça em temperatura ambiente, ou em 72 horas, se for mantida e transportada sob refrigeração (2-8ºC) Secreção traqueal - A coleta pode ser realizada somente em unidades Hospitalares.

Processamento e adequação da amostra

- Receber um mínimo de 2 ml de escarro, ou secreção traqueal, lavado broncoalveolar ou lavado brônquico em frasco plástico estéril descartável. - A amostra é estável: Em temperatura ambiente por 1 hora Refrigerada (2 a 8ºC) por 72 horas. O direcionamento da amostra deverá ser: 1- A amostra tem apenas o exame MTBDNA: encaminhar diretamente para a Microbiologia do Sírio Libanês; 2- A amostra tem outros exames: encaminhar para a Microbiologia do Jabaquara, que fará uma alíquota ou concentrará o material e a seguir encaminhará à Microbiologia do Sírio Libanês.

Método

PCR em Tempo Real - GeneXpert

Valor de referência

Negativo - Não detectado.

Interpretação e comentários

A resistência à rifampicina em Mycobacterium tuberculosis é um problema crescente no Brasil e em todo o mundo. A detecção precoce de infecção por cepa resistente à rifampicina é de grande utilidade, tanto no direcionamento do tratamento quanto no controle da transmissão de cepas multirresistentes. O teste é específico para o Complexo M. tuberculosis, que compreende as espécies M. tuberculosis, M. bovis, M. africanum, M. microti e M. pinnipedii, M. caprae, M. canettii, M. pinnipedii, M. mungi e M. orygis. A sensibilidade e a especificidade do teste foram avaliadas em estudo multicêntrico [Boehme CC et al. Rapid molecular detection of tuberculosis and rifampin resistance. N Engl J Med 2010;363(11):1005-1015.]. A sensibilidade média para detecção de M. tuberculosis em amostras de escarro com baciloscopia positiva foi de 98,2% enquanto para amostras com baciloscopia negativa foi de 72,5%; portanto um resultado negativo não exclui o diagnóstico de tuberculose. A sensibilidade e a especificidade médias para detecção da resistência à rifampicina foram respectivamente 97,5% e 98,1%. O teste é capaz de detectar 350 bacilos/ml de amostra, enquanto a baciloscopia só é capaz de detectar amostras com 5.000 a 10.000 bacilos/ml. Uma limitação da metodologia é quanto à impossibilidade de avaliar a susceptibilidade à rifampicina quando a carga infectante é próxima ao limite de 350 bacilos/ml. Considerando que o teste de detecção de resistência à rifampicina não tem 100% de especificidade, é recomendável a confirmação por sequenciamento da região determinante da resistência à rifampicina do gene rpoB ou teste de sensibilidade fenotípico.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989