Microarray pré-natal, produto de abortamento, material de aborto

Outros nomes:

CGH-array aborto

Orientações necessárias

I Material O CGHarray é feito em produtos de aborto. Por motivos médicolegais, o Fleury só pode receber fetos que pesem até 499 g. A partir de 500 g, a legislação os considera natimortos, devendo ser encaminhados para necropsia no Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) ou no Instituto Médico Legal (IML). O peso deve ser verificado no serviço de origem, uma vez que essa informação é obrigatoriamente checada pelo Fleury no momento do recebimento do material. Ainda de acordo com a resolução nº 1.779/2005 do Conselho Federal de Medicina, o Fleury também não recebe material de aborto proveniente de: gestação com duração igual ou superior a 20 semanas; feto com estatura igual ou superior a 25 cm; feto natimorto. II Condições para entrega do material: O exame é realizado somente com solicitação médica. A análise pode ser efetuada em material entregue no Fleury em qualquer dia e horário durante o atendimento. Importante: O material deve ser transferido para um recipiente estéril com soro fisiológico ou meio de cultura para transporte e encaminhado sob refrigeração. Não pode ser congelado, nem aquecido, nem colocado em formol ou álcool. Para mais informações sobre esta opção, acesse www.fleurygenomica.com.br/exames/MEDICINAFETAL/arraymefeab

Processamento e adequação da amostra

Conferir se todos os documentos necessários para a realização do exame foram entregues juntamente com a amostra (Questionário e receita médica com histórico e hipótese diagnóstica do cliente) quando impressos e conferir se esses documentos (receita médica e questionário) estão digitalizados. Materiais enviados serão aceitos até 72 horas após a coleta. NOTA: É muito importante encaminhar o material enviado imediatamente à seção CIGE. Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: não aceitável; Refrigerada (28 ºC): 72 horas; Congelada (20 ºC):não aceitável.

Método

Plataforma de triagem genômica de alta resolução (Plataforma Agilent® CGH+SNP array 180K) com arranjo de sondas para detecção de variação do número de cópias (CNV) em genes selecionados e, também, segmentos genômicos maiores de 200 kb. Estuda, ainda, polimorfismos de nucleotídeo único (SNP) selecionados e é também capaz de identificar isodissomia uniparental e perda de heterozigosidade em regiões com mais de 10 Mb. Os dados analisados têm como base o genoma referência hg19. O teste não detecta baixas taxas de mosaicismo cromossômico, heterodissomia uniparental e alterações equilibradas, como inversões e translocações balanceadas.

Valor de referência

Ausência de variação no número de cópias genômicas.

Interpretação e comentários

O CGHarray em produto de abortamento destinase à identificação de variação no número de cópias de regiões cromossômicas, em comparação a uma amostra referência, permitindo a detecção de anomalias cromossômicas, que são as causas mais freqüentes de abortamento no início da gestação. Esse exame está principalmente indicado para casos de abortamentos sequenciais sem motivo evidente.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989