Mutação tipo ITD no gene FLT3, por PCR e eletroforese capilar, Vários Materiais

Outros nomes:

Mutação tipo ITD no gene FLT3, por PCR e eletroforese capilar

Gene FLT3, análise da mutação tipo ITD,por PCR e eletroforese capilar,

Mutação tipo ITD no gene FLT3 por PCR e eletroforese capilar,

Orientações necessárias

I - Material - Este exame pode ser realizado em sangue periférico ou em aspirado de medula óssea. II - Coleta de aspirado de medula óssea no Fleury - Caso seja solicitada coleta de medula óssea no Fleury, é necessário agendar previamente a punção. III - Coleta de aspirado de medula óssea fora do Fleury - Os materiais colhidos fora do Fleury devem ser entregues refrigerados (2-8ºC) em até 72 horas após a coleta. - O Fleury não aceita amostras enviadas em seringa com agulha.

Processamento e adequação da amostra

- Não manusear; - Enviar à seção, refrigerado. - Rejeitar amostras colhidas em heparina. - Não será aceito material enviado em seringa com agulha. - Serão consideradas amostras inadequadas, quando estiver fora do prazo de estabilidade, coaguladas e com baixo volume. Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: não aceitável; Refrigerada (2-8 ºC): 72 horas; Congelada (-20 ºC): não aceitável.

Método

- Reação em cadeia da polimerase (PCR) e detecção automática por eletroforese capilar, com quantificação da carga alélica e razão de sinal.

Valor de referência

- Ausência da mutação.

Interpretação e comentários

- Este exame é útil na investigação de pacientes que apresentam leucemia mieloide aguda e deve, preferencialmente, ser realizado por ocasião do diagnóstico. No grupo de indivíduos que apresenta cariótipo normal, a realização da pesquisa da duplicação interna em tandem do gene FLT3, juntamente com o seqüenciamento do gene CEBP-alfa e a pesquisa de mutação no gene NPM1, contribuem para o planejamento terapêutico e a definição prognóstica. - O gene FLT3 codifica um receptor tirosina quinase, expresso em células precursoras hematopoéticas. As mutações mais comumente encontradas nesse gene incluem a duplicação interna em tandem (ITD), presente em cerca de 20% dos casos, ou sua deleção ou inserção, observadas mais raramente (<10%). Na leucemia mielóide aguda (LMA), o achado de tais alterações tem importância prognóstica. A presença da ITD em LMA confere prognóstico desfavorável, caracterizado por menor duração de remissão completa, menor sobrevida livre de doença e menor sobrevida global, exceto para pessoas com mais de 60 anos, devido ao fato de esses pacientes habitualmente apresentarem outros comemorativos. Vale lembrar que a ITD é raramente encontrada em crianças.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989