Pesquisa de deleção, no exon 19 do gene EGFR em plasma, biópsia líquida

Orientações necessárias

- Este exame só é realizado mediante solicitação médica; - Não é necessário preparo para este exame; - Para mais informações acesse www.fleurygenomica.com.br/exames/Oncologia/

Processamento e adequação da amostra

- O material coletado deve ser mantido e transportado em temperatura ambiente. Envio do Material: 1) O material coletado, mantido em temperatura ambiente, deve ser enviado imediatamente após a coleta para o setor de métodos moleculares (BMO); Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: 5 dias; Refrigerada (2-8 ºC): não aceitável; Congelada (-20 ºC): não aceitável.

Método

PCR digital (dPCR)

Valor de referência

Ausência de deleção no exon 19 em EGFR no plasma.

Interpretação e comentários

Este exame permite a detecção de deleções no exon 19 do gene EGFR a partir de DNA tumoral circulante livre de células no plasma. Esta mutação geralmente é encontrada em pacientes ao diagnóstico e caracteriza sensibilidade para o uso de terapia com inibidores de tirosina quinase como gefitinibe e erlotinibe. Em pacientes nos quais uma biópsia do tumor não é possível, a detecção desta mutação utilizando DNA circulante no plasma, liberado pelas células neoplásicas, constitui uma alternativa minimamente invasiva, e desta forma, serve para nortear a terapia mais adequada para o paciente segundo seu atual status molecular.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989