Porfirinas, dosagem, urina

Outros nomes:

Uroporfirina na urina

Coproporfirinas na urina

Heptaporfirinas na urina

Hexaporfirinas na urina

Pentaporfirinas na urina

Porfirinas na urina

Porfirinas urinárias

Orientações necessárias

- O exame é realizado apenas em material de urina colhida durante 24 horas. - O cliente deve retirar, no Fleury, os frascos adequados para a coleta do material e a folha de instruções. É obrigatório a apresentação do pedido médico na retirada dos frascos. - Para mulheres, o ideal é não fazer o exame no período da menstruação. Além disso, não podem ser usados cremes e/ou óvulos vaginais nas 48 horas que antecedem a coleta de urina. - O material deve ser entregue no Fleury até 48 horas após o término da coleta.

Processamento e adequação da amostra

- Homogeneizar e medir o volume, - Medir o pH, que não deve ser inferior a 7,0 - Aliquotar 4,0 mL de urina em tubo ambar com capacidade para 4,0 mL - Anotar volume total na ficha do cliente e no sistema de gerenciamento de amostra - Enviar à seção em temperatura ambiente - Volume ideal: 4,0 mL; volume mínimo: 1,0 mL ATENÇÃO - Para crianças de 0 a 5 anos, quando solicitado pela Enfermagem, retirar do frasco 50% do conservante, alterando a quantidade constante no rótulo. Estabilidade da amostra Temperatura ambiente: 8 horas; Refrigerada (2-8 ºC): 14 dias; Congelada (-20 °C): 1 mês.

Método

- Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (HPLC).

Valor de referência

- Uroporfirina: inferior a 35 µg/24 horas. - Heptaporfirina: inferior a 20 µg/24 horas. - Hexaporfirina: inferior a 4 µg/24 horas. - Pentaporfirina: inferior a 2 µg/24 horas. - Coproporfirina I: inferior a 73 µg/24 horas. - Coproporfirina III: inferior a 200 µg/24 horas.

Interpretação e comentários

- O teste é útil no diagnóstico de porfirias, especialmente as que apresentam manifestações cutâneas crônicas, tais como erupções bolhosas e fotossensibilidade. A forma mais freqüente de porfiria que apresenta esse tipo de manifestação é a porfiria cutânea tarda, na maior parte das vezes é conseqüente de hepatopatia crônica, que cursa com aumento principalmente das frações de uro e heptaporfirinas e não de coproporfirinas. As uroporfirinas podem estar aumentadas em formas mais raras de porfirias hereditárias, tais como a porfiria eritropoiética e a coproporfiria hereditária. Indivíduos em fase aguda de porfiria aguda intermitente, que cursa com manifestações neuropsiquiátricas, podem apresentar aumento na excreção de coproporfirinas. Outras doenças podem cursar com discretos aumentos de coproporfirina na urina são: intoxicação por metais pesados, leucemias, linfomas e anemias hemolíticas.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989