Síndrome de neurodegeneração por, acúmulo de ferro, Vários Materiais

Outros nomes:

neurodegeneração associada à pantotenato-quinase e a síndrome de Woodhouse-Sakat

neurodegeneração associada ao gene PLA2G6

neuroferritinopatia

neurodegeneração associada à proteína de membrana mitocondrial

Síndrome de neurodegeneração por acúmulo de ferro

deficiência da pantotenato quinase

NBIA

Aceruloplasminemia

neurodegeneração associada à proteína Beta-propeller

neurodegeneração associada

neurodegeneração associada à hidoxilase de ácidos graxos

síndrome de Kufor-Rakeb

Orientações necessárias

Não é necessário preparo para este exame Este exame é realizado somente com solicitação médica. Menores de 18 anos devem estar acompanhados de um adulto responsável para a realização do exame. O cliente deve entregar no dia da coleta o Questionário preenchido e assinado por ele e pelo médico solicitante (Geneticista ou de outra especialidade) Esse Questionário pode ser retirado em qualquer unidade ou solicitado por email para [email protected] (o email será respondido em até 48h); Caso não seja possível ter o Questionário preenchido pelo médico solicitante, o Fleury oferece de maneira OPCIONAL a consulta de aconselhamento genético, a fim de preencher o questionário e esclarecer eventuais dúvidas do exame; Este exame não necessita de agendamento prévio ou qualquer tipo de preparo. Para saber mais sobre este exame e como realizar, acesse www.fleurygenomica.com.br. Restrições: Amostra de sangue: não necessário jejum Amostra de saliva: Nos 30 minutos anteriores a coleta da saliva, não beber, comer, fumar, mascar chicletes, escovar os dentes ou inserir qualquer objeto na boca.

Processamento e adequação da amostra

Não manipular Se amostra colhida em EDTA, enviar o material refrigerado para setor de Métodos Moleculares acompanhado do Questionário original preenchido; Se a amostra colhida for saliva ou swab, enviar o material em temperatura ambiente para setor de Métodos Moleculares acompanhado do Questionário original preenchido; Rejeitar amostras de sangue colhidas em tubo com heparina ou qualquer tubo que não esteja de acordo com o solicitado no procedimento de coleta; Estabilidade da amostra de sangue: Temperatura ambiente: 72 horas; Refrigerada (28 ºC): 5 dias; Congelada (20 ºC): não aceitável. Estabilidade da amostra de saliva ou swab: Temperatura ambiente: 30 dias Refrigerada (28ºC): 30 dias Congelada (20ºC): não aceitável

Método

Sequenciamento completo (NGS sequenciamento de nova geração) de todas as regiões codificantes e regiões flanqueadoras adjacentes aos exons dos genes ATP13A2, C19orf12, COASY, CP, DCAF17, FA2H, FMR1, FTL, GTPBP2, PANK2, PLA2G6, SCP2 e WDR45. NÃO inclui análise por MLPA.

Interpretação e comentários

Neurodegeneração com acúmulo cerebral de ferro (NBIA) é um grupo heterogêneo de doenças neurogenéticas nas quais há acúmulo de ferro nos gânglios da base resultando em distonia progressiva, espasticidade, parkinsonismo, alterações neuropsiquiátricas e alterações oftalmológicas como atrofia óptica e degeneração de retina. Existem mais de dez tipos diferentes, com idades de início dos sintomas entre os primeiros anos de vida e a 5ª década de vida. O ritmo de progressão da doença também é variável. Geralmente não há um declínio cognitivo, embora alguns subtipos possam apresentar esta característica. Atrofia cerebelar também pode ser encontrada em alguns subtipos. A suspeita diagnóstica ocorre em pacientes com achados sugestivos de acúmulo de ferro à ressonância magnética. Entre os achados neuropatológicos estão os esferóides axonais no SNC, ou em alguns casos nos nervos periféricos. As doenças que cursam com NBIA são aceruloplasminemia, neurodegeneração associada à proteína Betapropeller, neurodegeneração associada à proteína COASY, neurodegeneração associada à hidoxilase de ácidos graxos, síndrome de KuforRakeb, neurodegeneração associada à proteína de membrana mitocondrial, neuroferritinopatia, neurodegeneração associada ao gene PLA2G6, neurodegeneração associada à pantotenatoquinase e a síndrome de WoodhouseSakati. Oito destas condições apresentam herança autossômica recessiva, sendo o gene WDR45 de herança ligada ao cromossomo X com padrão dominante e a neuroferritinopatia (gene FTL) com herança autossômica dominante. Acidúria glutárica tipo I, deficiência de piruvato desidrogenase/encefalopatia de Leigh e fucosidose podem manifestar hiperintensidade no globo pálido em T2 à ressonância magnética, simulando o achado típico de NBIA (sinal do olho do tigre), portanto estes diagnósticos devem ser considerados quando uma mutação patogênica não for identificada em PANK2. Monóxido de carbono e bilirrubina são toxinas que se acumulam seletivamente no globo pálido, também simulando os achados iniciais de PKAN.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989