T4, Livre, após diálise, soro

Outros nomes:

FT4 DIRETO

FT4 POR DIALISE

T4 LIVRE DIRETO

T4 LIVRE NO SORO APOS DIALISE

T4 LIVRE POR DIALISE

T4L DIRETO

T4L POR DIALISE

T4N DIRETO

T4N POR DIALISE

TETRAIODOTIRONINA LIVRE DIRETO

TIROXINA LIVRE DIRETO

Orientações necessárias

- Não é necessário preparo para este exame.

Processamento e adequação da amostra

Receber a amostra em embalagem REF e mantê-la nesta condição até a manipulação. - Centrifugar a 2200 g por 10 minutos a 18 ºC em até 2 horas após a coleta; - Aliquotar 3 mL de soro em tubo de alíquota padrão; - Encaminhar amostra refrigerada ao LARI/LARN - Volume mínimo: 1,5 mL - Há rejeição de amostras com hemólise, lipemia e icterícia Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: 7 dias; Refrigerada (2-8 ºC): 28 dias; Congelada (-20 ºC): 21 dias.

Método

Diálise de Equilíbrio Direto/ Espectrometria de Massas Tandem (MS/MS)

Valor de referência

0,8 - 2,0 ng/dL

Interpretação e comentários

- O efeito metabólico dos hormônios tiroidianos é realizado pela sua fração livre. A determinação de tiroxina (T4) livre está indicada no diagnóstico do hipotiroidismo ou do hipertiroidismo e é realizada de rotina por imunoensaio competitivo. A dosagem de T4 livre realizada pós diálise está indicada na suspeita de interferentes na dosagem de T4 livre.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989