Ultrassonografia, com preparo intestinal, endovaginal

Outros nomes:

Ultrassonografia transvaginal com preparo retal

Ultrassonografia transvaginal com preparo do cólon

Ultrassonografia transvaginal com preparo intestinal para pesquisa de endometrio

ULTRASSOM TRANSVAGINAL COM PREPARO INTESTINAL E DOPPLER COLORIDO

ULTRASSONOGRAFIA TRANSVAGINAL COM PREPARO INTESTINAL E DOPPLER COLORIDO

Principais indicações

- Identificação e mapeamento das lesões de endometriose profunda, presentes na pelve feminina; - Visualização dos nódulos de endometriose profunda na bexiga, na região retrocervical, na vagina, no retossigmoide, no septo retovaginal e nas alças de intestino delgado; - Visualização de cistos de endometriose nos ovários; - Detalhamento das lesões de endometriose quanto às suas dimensões e ao grau de infiltração das estruturas comprometidas; - Análise morfológica detalhada do útero e dos ovários; - Avaliação da espessura e da morfologia do endométrio.

Regiões estudadas

- Pelve feminina, incluindo a avaliação da superfície peritoneal que recobre a bexiga, o útero e o fundo de saco posterior; - Retossigmoide e alças de intestino delgado presentes na pelve feminina; - Septo retovaginal e vagina; - Útero; - Endométrio; - Ovários.

Orientações necessárias

I - Critérios de realização - Este exame não pode ser feito em mulheres virgens. - Exame realizado somente com pedido médico. Atenção: No pedido médico deve constar ultrassom transvaginal com preparo intestinal ou ultrassom para mapeamento de endometriose ou ultrassom com protocolo para mapeamento de endometriose. - Clientes menores de 18 anos de idade devem estar acompanhadas de um responsável legal, por se tratar de um exame invasivo. - O procedimento só é realizado após preparo intestinal específico, descrito mais adiante. - A ultrassonografia transvaginal pode ser marcada em qualquer fase do ciclo menstrual e em todas as situações listadas a seguir: -- diante de uso regular de anticoncepcionais; -- diante de uso de anel vaginal (Nuvaring®); -- na vigência de sangramento menstrual ou não menstrual; -- diante do uso de dispositivo intrauterino; -- antes e depois de cirurgias para retirada de lesões de endometriose profunda e ovariana. - No dia do exame, a cliente deve apresentar resultados anteriores, se houver. II - Preparo - Não há necessidade de ingerir líquidos imediatamente antes do exame, uma vez que a bexiga não precisa estar cheia para a avaliação. - Um dia antes do procedimento, a cliente deve iniciar o preparo específico, conforme segue. NA VÉSPERA DO EXAME - Durante todo o dia, é necessário manter uma dieta pobre em resíduos, que respeite as indicações e restrições abaixo relacionadas. - Alimentos permitidos: -- suco de frutas coado, água, chá e café; -- água de coco; -- Gatorade®; -- gelatina sem pedaços de frutas; -- pão francês; -- bolacha água e sal; -- sopa magra coada (sem sólidos) de caldo de carne ou de frango; -- macarrão com molho vermelho ou alho e óleo (sem carne nem queijo ralado); -- purê de batata; -- arroz branco; -- picolé de frutas; -- suspiros. - Alimentos proibidos: -- leite e derivados; -- verduras cruas; -- bagaço de frutas; -- salada de folhas; -- frituras; -- feijões, grão-de-bico, milho, lentilha, ervilha; -- sementes e similares; - Além da dieta, a cliente tem de tomar um comprimido de Ducolax® às 8 horas e outro às 14 horas. Caso o medicamento cause cólicas ou dores abdominais, é possível fazer uso de Buscopan® simples, por via oral, na dose de um comprimido ou, então, de 30 gotas. Convém ressaltar que o uso de qualquer medicamento tem de contar com a orientação e o consentimento, escrito ou verbal, do médico que solicitou o exame. - Recomenda-se a ingestão livre de líquidos para evitar a desidratação que pode ocorrer em decorrência dos laxativos. NO DIA DO EXAME - A dieta pobre em resíduos também deve ser mantida no dia do exame. - Cerca de uma hora antes da ultrassonografia, é necessário proceder à limpeza do intestino baixo, o retossigmoide, com o uso de uma bisnaga de Phosfoenema®, que deve ser adquirida em qualquer farmácia e aplicada por via retal, de acordo com as instruções contidas na embalagem do produto. - O objetivo de tal etapa é limpar o retossigmoide dos resíduos fecais e gases habitualmente presentes nessa porção do intestino, uma vez que eles podem prejudicar a qualidade da visualização das lesões de endometriose nesse segmento, bem como atrapalhar a avaliação dos órgãos ginecológicos, principalmente dos ovários. A utilização do Phosfoenema® precisa ser feita, mesmo que o efeito dos laxantes tenha sido intenso. - Convém realizar essa parte do preparo preferencialmente na residência, já que o produto não causa dores abdominais importantes nem um efeito retardado que poderia impossibilitar o trânsito da cliente para o Fleury. De qualquer modo, também existe a possibilidade de fazer o procedimento de limpeza no local do exame. Para tanto, a cliente tem de chegar à recepção da unidade com uma hora de antecedência do horário marcado para a ultrassonografia, levando consigo a bisnaga de Phosfoenema® para aplicação. - Em caso de dúvidas sobre o preparo ou necessidade de esclarecimentos adicionais, a cliente pode entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente do Fleury.

Método

- Exame realizado com um aparelho que emite ondas de ultrassom, denominado transdutor. Com formato apropriado, esse aparelho é coberto por um preservativo descartável, devidamente lubrificado, e colocado no terço inicial da vagina, como um absorvente interno. - O método produz imagens do útero, dos ovários, dos anexos e da superfície peritoneal que recobre os órgãos pélvicos.

Interpretação e comentários

- Este exame é de grande utilidade na propedêutica de investigação das lesões de endometriose profunda, devendo ser o primeiro método de imagem empregado na investigação da condição. A utilização do preparo intestinal melhora muito a sensibilidade do método para a visualização das lesões, principalmente aquelas que comprometem o intestino, permitindo um grau de detalhamento muito grande na programação pré-operatória das pacientes. Nos casos mais complexos, contudo, convém realizar uma avaliação complementar por meio da ressonância magnética da pelve.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989