Manual de exames

Vacina, contra Pneumococo13, Conjugada

Outros nomes: Pneumococo 13C, Vacina pneumocócica conjugada 13-valente, Vacina treze valente contra pneumococo, Vacina conjugada contra pneumococo treze valente, Vacina conjugada treze valente contra Streptococcus pneumoniae, Vacina pneumocócica treze valente, Vacina antipneumocócica treze valente, Prevenar®13

Este exame não precisa ser agendado

Orientações necessárias

A vacina pode ser aplicada sem pedido médico nos seguintes grupos:
-- em crianças de 6 semanas de vida até 5 anos, 11 meses e 29 dias;
-- em adultos com mais de 50 anos.
- Fora dessas faixas etárias, é necessária a apresentação de prescrição médica.

- A aplicação da vacina é realizada após entrevista médica nas Unidades:

-- Atendimento Móvel: conforme disponibilidade da agenda.
-- Alphaville: de segunda a sexta das 07h às 17h45; Sábados das 07h às 12h; Domingos: serviço fechado.
-- Anália Franco II: de segunda a sexta das 07h às 17h45; Sábados das 07h às 12h; Domingos: serviço fechado.
-- Braz Leme: de segunda a sexta das 07h às 17h45; Sábados das 07h às 12h; Domingos: serviço fechado.
-- Campo Belo: de segunda a sexta das 07h às 12h; Sábados das 07h às 12h; Domingos: serviço fechado.
-- Campinas: de segunda a sexta das 07h às 17h45; Sábados das 07h às 12h; Domingos: serviço fechado.
-- Itaim: de segunda a sexta das 07h às 17h45; Sábados das 07h às 12h; Domingos: serviço fechado.
-- Morumbi: de segunda a sexta das 07h às 12h; Sábados das 07h às 12h; Domingos: serviço fechado.
-- República do Líbano I: de segunda a sexta das 07h às 18h; Sábados das 07h às 12h30; Domingos: das 07h às 12h.
-- Rochaverá: de segunda a sábado das 07h às 12h; Domingos: serviço fechado.
-- Paraiso: de segunda a sexta das 07h às 18h; Sábados das 07h às 18h; Domingos: das 07h às 12h.
-- Santo André II: de segunda a sexta das 07h às 17h45; Sábados das 07h às 12h; Domingos: serviço fechado.
-- Villa Lobos: de segunda a sexta das 07h às 17h45; Sábados das 07h às 12h; Domingos: serviço fechado.

- Há restrições para o uso da vacina em caso de hipersensibilidade conhecida à dose prévia do imunizante e na vigência de quadros febris e/ou infecciosos agudos.

- Observação:
-- O preço da vacina refere-se sempre a cada dose.

Quando a aplicação da vacina for através do Atendimento Móvel:
- Favor digitalizar a carteirinha de vacinação e/ou pedido médico e encaminhar o arquivo para o e-mail Pedido Móvel ([email protected]), no título do e-mail deve conter o nome completo.
- Para menores de 12 anos o envio da carteira de vacinação é OBRIGATÓRIO. Este documento é necessário para a entrevista médica que será realizada no período de 24hs – 48hs uteis antes da data do agendamento.
- Para maiores de 70 anos o envio da receita médica é OBRIGATÓRIO. Este documento é necessário para a entrevista médica que será realizada no período de 24hs – 48hs uteis antes da data do agendamento.

Doses e intervalos

O esquema de imunização varia de acordo com a idade em que a primeira dose é aplicada:
de 2 a 6 meses de idade: três doses, com intervalo de dois meses entre elas, e reforço entre 12 e 15 meses;
de 7 a 11 meses de idade: duas doses, com intervalo de dois meses entre elas, e reforço aos 15 meses;
de 12 a 21 meses e 29 dias: duas doses, com intervalo de dois meses entre elas, sem indicação de reforço;
de 22 a 23 meses: duas doses, com intervalo de um mês entre elas, sem indicação de reforço;
de 2 a 5 anos, 11 meses e 29 dias: uma dose;
a partir de 50 anos: uma dose;
entre 6 e 50 anos, uma dose, porém sempre mediante prescrição médica.
Para clientes entre 6 e 50 anos e portadores de comorbidades, a vacina pneumocócica 23 poderá ser aplicada com intervalo mínimo de 2 meses após a vacina pneumocócica 13C.
Para adultos com idade igual ou maior que 65 anos: o cliente deve receber primeiramente a 13valente e aguardar 6 a 12 meses para a 23valente, exceto nos pacientes com comorbidades, em que deveremos manter o intervalo mínimo de 2 meses entre a pneumo13 e a pneumo23.
Diante de aplicação prévia da vacina 23valente em pessoas acima de 19 anos, é necessário aguardar 12 meses para fazer a 13valente. Em pessoas entre 6 e 18 anos, o intervalo é de 2 meses.


Observação:
O esquema pode ser iniciado a partir da sexta semana completa de vida e o intervalo mínimo entre as aplicações precisa ser de um mês.

Efeitos adversos

Não costumam surgir reações graves após a aplicação da vacina.
Pode haver efeitos locais, como dor e enduração, além de manifestações sistêmicas nas primeiras 72 horas, a exemplo de febre.
Os efeitos adversos da vacina são caracterizados de acordo com sua frequência:
muito comuns: diminuição do apetite, irritabilidade, sonolência ou aumento do sono,
sono inquieto ou diminuído, febre e qualquer dor, sensibilidade, vermelhidão,
tumefação ou endurecimento no local da injeção;
comuns: diarreia, vômitos, erupção cutânea, febre acima de 39°C e sensibilidade no
local da injeção, interferindo no movimento;
incomuns: choro, convulsões (incluindo convulsões febris), urticária ou erupção
cutânea semelhante à urticária, erupção cutânea, vermelhidão e tumefação ou
endurecimento no local da injeção maior que 7,0 cm.
raros: reação de hipersensibilidade, incluindo tumefação da face e/ou lábio e
dificuldade para respirar.

Composição

Cada 0,5 mL de dose intramuscular é formulado para conter 2,2 µg de sacarídeo por
sorotipo 1, 3, 4, 5, 6A, 7F, 9V, 14, 18C, 19A, 19F e 23F; 4,4 µg de sorotipo 6B;
aproximadamente 32 µg de proteína CRM197 e 0,125 mg de alumínio como adjuvante.
Os excipientes incluem cloreto de sódio, ácido succínico, polissorbato 80 e água para injeção. O produto não contém conservante.

Interpretação e comentários

- A vacina conjugada trezevalente contra o pneumococo confere imunidade para os sorotipos 1, 3, 4, 5, 6A, 6B, 7F, 9V, 14, 18C, 19 A, 19F e 23F dessa bactéria.
- O processo de conjugação de um imunógeno a uma proteína permite uma melhor resposta à série primária de vacinação, induzindo memória imunológica e, consequentemente, proteção mais duradoura. No caso da 13-valente, os polissacarídeos do Streptococcus pneumoniae são conjugados individualmente por aminação redutiva com a proteína CRM197 diftérica não tóxica.
- Existem variações regionais dos sorotipos de pneumococo mais prevalentes. No Brasil, o mais importante é o 14, correspondendo a 40,4% dos sorotipos causadores de doença pneumocócica invasiva (DPI) em menores de 5 anos; depois dele, em ordem decrescente de importância, estão 6B, 23F, 18C, 6A/6C, 19F, 19A, 3, 5, 9V, 7F, 1 e 4.2,3. A baixa idade é um fator de risco relevante para a doença pneumocócica. O sorotipo 19A já é o sétimo sorotipo causador de DPI mais comum em crianças com menos de 5 anos no Brasil. Globalmente, o 19A tem sua freqüência aumentada. Agravando a questão de sua predominância emergente, é cada vez mais provável que ele não seja susceptível aos agentes microbianos de primeira linha comumente usados.
- A imunogenicidade após duas doses em lactentes até 6 meses de idade foi documentada em quatro estudos. A proporção dos bebês que obtiveram, um mês após a segunda
dose, concentração de IgG antipolissacarídeo capsular pneumocócico ?0,35 ?g/mL variou de 79,6% a 98,5% entre 11 dos 13 sorotipos da vacina. Proporções menores de lactentes obtiveram esse limiar de concentração de anticorpos para o sorotipo 6B (de 27,9 % a 58,4%) e 23F (de 55,8% a 68,6%).
- Crianças que tenham iniciado o esquema com a vacina pneumocócica heptavalente
(conjugada) podem completá-lo com a antipneumocócica trezevalente (conjugada) em qualquer ponto do esquema. Nos estudos clínicos, os perfis de imunogenicidade e segurança foram comparáveis. Contudo, não se conhece a resposta vacinal em casos de continuação do esquema com a vacina decavalente e trezevalente.
- Convém destacar que o uso da versão conjugada não substitui a vacina pneumocócica polissacarídica de 23 sorotipos em crianças com anemia falciforme, asplênia, infecção pelo HIV e doença crônica, assim como em imunodeprimidos maiores de 2 anos.

Convênio e cobertura

Consulte nossa página de Convênios para mais informações

Particular e valores

Não tem convênio? Fale com a gente e consulte as condições especiais de pagamento particular.

Faça em casa

Agora, você pode fazer exames de sangue, urina e fezes em casa, no trabalho ou onde preferir. Consulte as regiões de cobertura