Vancomicina, soro

Outros nomes:

Vancomicina, pesquisa e dosagem no sangue

Vanclomin®

Vancocid®

Vancocina®

Orientações necessárias

- Este exame é essencial no ajuste da dose de vancomicina.

Processamento e adequação da amostra

- Receber a amostra em embalagem REF e mantê-la nesta condição até a manipulação. - Aguardar 30 minutos; - Centrifugar a cerca 2.700 g, por 10 minutos, a 18ºC; - Aliquotar. - Volume de soro: -- ideal: 1,0 mL; -- mínimo: 0,3 mL . - Enviar o material refrigerado à seção, com a identificação correspondente dos tubos (vale ou pico). - Se necessário, congelar as amostras em gelo seco. - Estabilidade da amostra (aliquotada): -- temperatura ambiente: 8 horas; -- refrigerada (2-8ºC): 48 horas; -- congelada: (-20ºC): 2 semanas.

Valor de referência

Infecções graves por MRSA - ver NOTAS 1, 2 e 3 Infecções graves por outros microrganismos: 15,0 a 20,0 mg/L no vale (ver NOTA 4) Outras infecções NÃO graves: 10,0 a 15,0 mg/L no vale (NOTA 4)

Método

- Imunoensaio.

Interpretação e comentários

- A dosagem de vancomicina é necessária para reduzir o risco de nefrotoxicidade e aumentar a taxa de sucesso no tratamento de infecções por gram-positivos. NOTA 1: Nas infecções graves por Staphylococcus aureus resistentes à oxacilina (MRSA), o melhor parâmetro para otimizar a eficácia terapêutica e reduzir a nefrotoxicidade é a razão entre a área sob a curva da concentração sérica de vancomicina e a CIM de vancomicina do patógeno (AUC/CIM). O razão AUC/CIM deve ser de 400 a 600. NOTA 2: Durante a fase de ajuste da dose, a razão AUC/CIM idealmente deve ser calculada utilizando-se software de PK/PD, valores de concentrações séricas máxima (pico) e mínima (vale) de vancomicina e outras variáveis como creatinina sérica, idade, peso, altura. A determinação do nível sérico máximo (pico)deve ser feita em amostra de sangue coletada 1 a 2 horas após o término da infusão. A determinação do nível sérico mínimo (vale) deve ser feita em amostra de sangue coletada imediatamente antes da próxima dose. Esta avaliação pode ser feita a partir da segunda dose. Para valores de CIM até 1,0 mg/L deve ser sempre utilizado este valor para cálculo da razão AUC/CIM. Para informações adicionais consultar: Rybak et al. Am J Health Syst Pharm. 2020;77(11):835-864. NOTA 3: O uso da vancomicina não é recomendado no tratamento de infecções causadas por cepas de MRSA com CIM de vancomicina > 1,0 mg/L em função da maior frequência de falha terapêutica. NOTA 4 - Para ajuste da dose baseado exclusivamente no nível sérico mínimo (vale), recomenda-se que a primeira avaliação do nível sérico de vancomicina seja realizada imediatamente antes da quarta dose, exceto nos casos nos quais for administrada dose de ataque de 25 a 30 mg/kg. Para a avaliação da nefrotoxicidade, recomenda-se o acompanhamento da creatinina sérica: um aumento sustentado de 0,5 mg/dL ou superior a 50% do seu nível basal, na ausência de explicação alternativa, é indicativo de nefrotoxicidade decorrente do uso da vancomicina.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (21) 2266-8989

Preços e Pagamento Particular

A Clínica Felippe Mattoso oferece parcelamento em até 10x sem juros (parcela mínima de R$ 50,00).

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: 

(21) 2266-8989